Hepatite: Entenda esta condição silenciosa

hepatite

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

A hepatite é uma condição silenciosa que exige a nossa atenção.

Esta é uma condição que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, mas muitas vezes passa despercebida devido à sua natureza silenciosa.  De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), essa é uma das principais causas de doença e morte em todo o mundo.

Estima-se que mais de 325 milhões de pessoas em todo o mundo estejam vivendo com hepatite B ou C crônicas, o que representa um grande ônus para a saúde pública global. Além disso, a hepatite viral é responsável por aproximadamente 1,34 milhão de mortes por ano, sendo uma das principais causas de câncer de fígado e cirrose hepática.

Isso mostra que ainda há muito o que se fazer e disseminar a informação é o primeiro passo na luta contra.

 

Foto: Freepik.

O que é Hepatite?

Esta é uma inflamação do fígado, geralmente causada por vírus, mas também pode ser resultado do consumo excessivo de álcool, uso de certos medicamentos, toxinas e doenças autoimunes. Os vírus mais comuns são os tipos A, B, C, D e E.

Tipos de Hepatite

  • Hepatite A: Transmitida principalmente através de água ou alimentos contaminados;
  • Hepatite B: Transmitida através do contato com sangue, fluidos corporais infectados ou relações sexuais desprotegidas;
  • Hepatite C: Transmitida principalmente através do contato com sangue contaminado, como compartilhamento de agulhas ou instrumentos de tatuagem não esterilizados;
  • Hepatite D: É uma infecção que ocorre apenas em pessoas já infectadas com tipo B;
  • Hepatite E: Transmitida através da ingestão de água contaminada, especialmente em áreas com saneamento inadequado.

Como acontecem

Pode ocorrer devido à exposição a substâncias tóxicas, como álcool, medicamentos ou drogas, ou como resultado de uma infecção viral. Os vírus da hepatite atacam as células do fígado, levando à inflamação e, em casos graves, à cicatrização (cirrose) do fígado.

Sintomas

Os sintomas podem variar de leves a graves e incluem fadiga, náuseas, vômitos, dor abdominal, febre, icterícia (pele e olhos amarelados), urina escura e fezes claras. No entanto, em muitos casos, pode ser assintomática, especialmente nos estágios iniciais.

Tratamento

O tratamento depende do tipo e da gravidade da infecção. Para hepatite viral aguda, o tratamento pode envolver repouso, hidratação e medicamentos para aliviar os sintomas. Para hepatite crônica, especialmente hepatite B e C, pode ser necessário um tratamento mais específico, como antivirais ou terapia de interferon.

Cuidados

  • Vacinação: A vacinação contra hepatite A e B é a melhor forma de prevenir a infecção;
  • Higiene: Lavar as mãos regularmente e evitar o consumo de água ou alimentos contaminados podem ajudar a prevenir A e E;
  • Práticas seguras: Evitar o compartilhamento de agulhas, usar preservativos durante as relações sexuais e garantir que os instrumentos médicos sejam esterilizados são medidas importantes para prevenir a hepatite B e C.
Foto: shkrabaanthony

 

Entendendo o dados

Atualmente, cerca de 257 milhões de pessoas estão cronicamente infectadas com o vírus da hepatite B (VHB) em todo o mundo. A hepatite B é uma das principais causas de câncer de fígado e pode ser transmitida de mãe para filho durante o parto.

Além disso, estima-se que 71 milhões de pessoas estejam cronicamente infectadas com o vírus C (VHC). A hepatite C é uma das principais causas de doença hepática crônica, levando à cirrose e câncer de fígado em muitos casos.

Embora a A e E sejam menos comuns em países desenvolvidos, elas continuam sendo uma preocupação significativa em áreas com condições sanitárias inadequadas. Estima-se que ocorram milhões de casos A e E a cada ano, especialmente em regiões com falta de acesso à água potável e saneamento básico.

A vacinação contra o tipo B é uma das estratégias mais eficazes para prevenir a infecção. Além disso, práticas seguras, como evitar o compartilhamento de agulhas e usar preservativos durante as relações sexuais, podem ajudar a prevenir a transmissão da B e C.

Esses dados destacam a importância da conscientização, prevenção e tratamento para reduzir sua carga global de doenças e melhorar a saúde pública em todo o mundo.

 

Essa é uma condição séria que pode afetar o fígado e causar danos significativos se não for tratada adequadamente. Conhecer os diferentes tipos, sintomas, tratamento e cuidados preventivos é fundamental para proteger a saúde do fígado e prevenir complicações relacionadas à hepatite.

Saiba mais: Como cuidar da saúde dos olhos

Se inscreva na nossa newsletter

e fique por dentro das últimas e principais notícias

Mais notícias

Problemas digestivos
Uncategorized

Problemas digestivos comuns

Quando se trata da saúde digestiva, muitos de nós experimentamos desconfortos ocasionais, enquanto outros podem enfrentar problemas mais persistentes. Os distúrbios digestivos são comuns e

Nossa missão é
cuidar da vida!

Conte sempre com o
Centro Hospitalar São Camilo!

icon tomografia

Resultado exame de imagem

1340095

Resultado exame de laboratório